Viagens & ImagensCardiff Castle

Viagens & Imagens no Facebook  Viagens & Imagens no Youtube  Siga o Viagens & Imagens no Twitter  Viagens & Imagens no Panoramio  Viagens & Imagens no Google+  Viagens & Imagens no Flickr

Nesta página estão  fotos e informações sobre o castelo de Cardiff, situado em Cardiff, Gales.

 

Inicio
Akershus
Amboise
Angers
Arundel
Azay le Rideau
Bamburgh
Beaumaris
Blackness
Blenheim
Blois
Bodiam
Budavari
Caernarfon
Caerphilly
Cardiff
Carlisle
Chambord
Charlottenburg
Chantilly
Chenonceau
Chepstow
Cliffords
Conciergerie
Conwy
Criccieth
Doune
Dover
Edinburgh
Ewloe
Fontainebleau
Frederiksborg
Glamis
Hampt Court
Harlech
Hatfield
Heidelberg
Hever
Hohenschwagau
Langeais
Leeds
Linlithgow
London Tower
Neuschwanstein
Newcastle
Norwich
Nottingham
Nymphenburg
Pena
Penshurst
Pierrefonds
Prazsky
São Jorge
Schonbrunn
Scone
Southsea
Stirling
Tonbridge
Urquhart
Versalhes
Villandry
Vincennes
Warwick
Wilanow
Windsor

 

 

 

 

 

 


 

 

O castelo de Cardiff está situado exatamente no centro da cidade de Cardiff, capital do País de Gales. Suas primeiras partes, ainda de madeira, foram erigidas em 1091 por Robert Fitzhamon, o Lorde de Gloucester, que era um dos principais colaboradores de William o, Conquistador. Durante o século 12, Lord Robert, senhor do castelo e filho de Henrique I, decidiu fortificar ainda mais o local, e construiu a torre de pedra, um dos pontos centrais do castelo e que permanece de pé ainda hoje. 

O castelo sempre esteve envolvido nas histórias relacionadas à conquista e dominação do país de Gales e sua população, sendo que em 1183 uma revolta popular chegou a danificar parte de suas muralhas. No século seguinte o castelo passou a ser propriedade da família de Clare. Em 1270 as tribos galesas, até então autônomas, foram unificadas sob o comando de Llywelyn ap Gruffydd, o que levou Gilbert de Clare, a aumentar ainda mais as defesas do castelo, construindo os trechos que passaram a ser designados com Black Tower e South Gateway, mas o ataque das tribos lideradas por Llywelyn ap Gruffydd não aconteceu.   

 

Em 1306 o castelo trocou de mãos novamente, passando desta vez para a família Despenser, linhagem de nobres ingleses de grande influência junto à corte, e com eles ficou durante os 100 anos seguintes, período durante o qual houve muitas lutas entre ingleses e galeses. Em 1317 o próprio líder dos galeses, Llywelyn Bren, foi feito prisioneiro no castelo de Cardiff, acusado de traição e de insuflar uma rebelião contra os senhores ingleses.  Ele acabou condenado e executado dentro do próprio castelo.

Mas as lutas na época não ocorriam apenas entre os dominadores lordes ingleses e os dominados galeses. Também eram freqüentes conflitos entre as próprias famílias inglesas, desejosas de poder, terras e fortuna. Em 1321 o castelo dos Despenser foi sitiado e capturado por uma facção rival, os Marcher, que conspiravam contra o rei Edward II, e por isso precisavam tomar o castelo dos aliados reais, a família Despenser.   

Em 1326 os Marcher conseguiram o que queriam, Hugh le Despenser, o senhor de Cardiff, foi capturado e enforcado, sendo o rei Edward II aprisionado e assassinado um ano depois. No século 15 novamente foi a vez dos galeses voltarem a dar trabalho aos ingleses. Liderados por Owain Glyndwr o castelo foi atacado com fúria selvagem e a cidade à sua volta incendiada.

Apesar disso, os Despenser ainda conseguirem manter controle do castelo até 1414, quando então o último herdeiro desta família passou a propriedade para  os Beauchamps, conhecidos como Duques de Warwick. Richard Beauchamps mandou então aumentar mais ainda o castelo, e data deste período a construção da ala residencial, das muralhas oeste e da grande torre octogonal. Richard Beauchamp era tutor do rei Henrique VI, e como parte de suas atribuições estava acompanhar o rei em suas viagens. Foi numa viagem à França que ele morreu, em 1445, deixando o castelo de herança para sua filha Ann, e tornando seu marido Richard Neville o novo senhor do castelo.

 

Neville em pouco tempo se tornou conhecido como Warwick, o Fazedor de Reis, em referência à sua grande influência e habilidade política. Quando morreu, em 1471, o castelo passou para sua filha mais velha, Isabel e mais tarde para a irmã desta, também chamada Ann.

O marido desta última chegou a ocupar o trono da Inglaterra, ficando conhecido como Ricardo III, que por sua vez foi derrotado por outra facção, liderada por Henrique VII, fundador da famosa dinastia Tudor, que iria dominar a Inglaterra por tantos anos. Logo após a morte de Ricardo III, o castelo de Cardiff trocou novamente de mãos, indo agora para o tio do novo rei, Lord Jasper, e permaneceu de posse da família real pelos 75 anos seguintes.

Em 1550, William Herbert, integrante de uma das mais nobres e influentes famílias inglesas obteve a propriedade do castelo, e o aumentou e embelezou ainda mais. Durante a guerra civil, que no século 17 dividiu Inglaterra entre monarquistas e parlamentaristas, o castelo foi cobiçado pelas duas facções, mas acabou sendo tomado pelas tropas parlamentaristas de Oliver Cromwell. Por felicidade, a sorte deste castelo foi diferente da destinada a outros dominados pelos parlamentaristas, e foi permitido aos Herbert continuarem em seu controle e até fortificá-lo ainda mais.   

Em 1776, o último herdeiro da família Herbert, Lady Charlotte Jane, entregou a propriedade a John Stuart Butte, e um novo ciclo começou.  Foi esta família a responsável por um grande desenvolvimento da cidade de Cardiff, até então um mero povoado em torno do castelo, que a partir daí começou a desenvolver-se até chegar a ser a principal e maior cidade de Gales.

Abandonado por muito tempo, foi apenas em 1848, graças à terceira Marquesa de Butte, que começou o que é considerado agora, como renascimento de Cardiff, com a execução de diversas obras e adaptações internas. 

Em 1947 o castelo foi oficialmente entregue à administração da cidade de Cardiff, que se encarregou abri-lo à visitação publica e transformá-lo em atração turística. O castelo está situado exatamente no centro da cidade de Cardiff. Todo o conjunto forma um grande complexo, dominada pela torre situada no alto de um monte e acessível através de uma grande escadaria.

Em volta do castelo situam-se belos gramados com faisões, e à esquerda situa-se o trecho moderna do castelo, construída mais tarde, e que costuma abrigar exibições de peças históricas. A entrada de todo conjunto é feita através de um portão sob grossas muralhas.

Veja o vídeo que fizemos em Cardiff Castle.

Site oficial: Cardiff Castle

Quer deixar uma mensagem no Viagens & Imagens? Utilize o Guest Book 1 (nesta opção você terá uma resposta junto à sua mensagem)
ou o Guest Book 2 (opção para quem não necessita resposta). As mensagens estarão visíveis em pouco tempo.

 

Todas as músicas de Castelos & Palácios são reproduções de autênticas canções medievais ou renascentistas.