Viagens & ImagensCarlisle Castle

Viagens & Imagens no Facebook  Viagens & Imagens no Youtube  Siga o Viagens & Imagens no Twitter  Viagens & Imagens no Panoramio  Viagens & Imagens no Google+  Viagens & Imagens no Flickr

Nesta página estão  fotos e informações sobre o castelo Carlisle, situado em Carlisle, Inglaterra.

 

Inicio
Akershus
Amboise
Angers
Arundel
Azay le Rideau
Bamburgh
Beaumaris
Blackness
Blenheim
Blois
Bodiam
Budavari
Caernarfon
Caerphilly
Cardiff
Carlisle
Chambord
Charlottenburg
Chantilly
Chenonceau
Chepstow
Cliffords
Conciergerie
Conwy
Criccieth
Doune
Dover
Edinburgh
Ewloe
Fontainebleau
Frederiksborg
Glamis
Hampt Court
Harlech
Hatfield
Heidelberg
Hever
Hohenschwagau
Langeais
Leeds
Linlithgow
London Tower
Neuschwanstein
Newcastle
Norwich
Nottingham
Nymphenburg
Pena
Penshurst
Pierrefonds
Prazsky
São Jorge
Schonbrunn
Scone
Southsea
Stirling
Tonbridge
Urquhart
Versalhes
Villandry
Vincennes
Warwick
Wilanow
Windsor

 

 

 

 

 

 


 

 

O castelo de Carlisle tem uma característica provavelmente única no Reino Unido. Ele pertenceu à Inglaterra, depois à Escócia, depois Inglaterra, Escócia... Como está situado praticamente na divisa entre os dois países, seu controle passava de um país para outro, conforme o correr dos anos e o resultado das batalhas.  Foi esta a primeira coisa que descobrimos ao chegar lá, graças a uma sorridente senhora inglesa, que adorou saber que éramos do Brasil.

A primeira fortificação era somente um forte romano, construído para proteger as terras ao sul da ilha dos ataques dos povos bárbaros. Assim permaneceu por quatro séculos, sendo que mesmo após a partida dos romanos as fortificações permaneceram intactas. 

Muito mais tarde, William o Conquistador também sentiu necessidade de construir uma fortaleza naquele local. O responsável pela obra foi William II, em 1093, sendo que em seguida ele foi aumentado por Henry I, e logo depois caiu nas mãos dos Escoceses. Mas em 1135 o território foi recuperado pelas tropas inglesas do rei Henry II, que demoliram as torres de madeira e as reconstruíram em pedra. Ficou então com os ingleses até 1216, quando o rei escocês Alexandre II o tomou de volta mais uma vez. 

 

Seguiu-se um período de relativa calma até 1296, quando os ingleses novamente o atacaram, mas foram mais uma vez expulsos, desta vez pelas tropas de William Wallace, o Braveheart do cinema. Novas melhorias foram executadas entre 1306 e 1307, como o Great Hall e os apartamentos reais. No período que se seguiu até 1461, o castelo foi atacado nove vezes, o que  contribuiu para danificá-lo bastante. Apenas no início do século 16 foram executadas obras de reforma, que incluíram adaptações para o uso de canhões de pólvora. 

Durante o reinado de Henrique VIII havia o temor de uma aliança entre franceses e escoceses, para invadir a Inglaterra. O soberano então determinou que  Thomas Howard, o Duque de Norfolk, inspecionasse Carlisle e providenciasse as necessárias adaptações para fazer frente a esta ameaça. A solução encontrada foi a construção de uma cidadela anexa ao castelo, como forma de aumentar suas defesas naturais. A obra  foi entregue ao engenheiro Stefan Von Haschenperg em 1541. A foto acima foi batida frente à fachada principal de Caslisle.

 

 

A mais famosa prisioneira do castelo foi a rainha escocesa Mary, entre maio e julho de 1568, a qual entrou para a história como Mary, Queen os Scotts. Apenas quando James I, filho de Mary, subiu ao trono com o título de Rei da Inglaterra e Escócia, ocorreu uma verdadeira paz entre os dois países. Mas Charles I, filho de James I, colocou tudo a perder novamente. Em 1642 começava a chamada Guerra dos Três Reinados, e Carlisle voltou a ser palco de batalhas entre ingleses e escoceses.

Em 1644, durante a guerra civil, o castelo foi sitiado durante oito meses, e apenas foi tomado devido aos ingleses que ocupavam Carlisle terem ficado completamente sem provisões. Novamente os escoceses assumiram o controle até 1648, quando mais uma vez os  ingleses voltaram. Apenas em 1707, com o tratado assinado entre ingleses e escoceses, criando a Grã-Bretanha, terminaram em definitivo as lutas entre os dois povos. Mas o castelo ainda veria resquícios de turbulência.

Em 1745, durante a Rebelião Jacobina que convulsionou o país, as tropas do príncipe Charles atacaram novamente o castelo. Mas esta dominação também durou pouco. O Duque de Cumberland e Senhor de Carlisle, arregimentou suas tropas, derrotou os 400 guardas que haviam ficado no castelo e depois mandou enforcar todos que haviam aderido a revolta Jacobina.

Estas idas e vindas entre ingleses e escoceses causaram grandes danos à estrutura de Carlisle, mas nenhum trabalho adicional de recuperação foi efetuado até o século 19, quando enfim, por determinação da rainha Victoria, ele começou a ser adaptado aos novos tempos e necessidades do exército. Parte do castelo de Carlisle ainda hoje é utilizada como guarnição militar. Lá está situado o Regimental Museum. A preservação das outras partes do conjunto está a cargo do English Heritage, sociedade responsável pela manutenção de pontos históricos da Inglaterra.  

 

Quer deixar uma mensagem no Viagens & Imagens? Utilize o Guest Book 1 (nesta opção você terá uma resposta junto à sua mensagem)
ou o Guest Book 2 (opção para quem não necessita resposta). As mensagens estarão visíveis em pouco tempo.

Todas as músicas de Castelos & Palácios são reproduções de autênticas canções medievais ou renascentistas.